Nos últimos anos as tecnologias de rastreamento se tornaram a mais importante ferramenta de gestão das operadoras logísticas. A possibilidade de localizar a carga em tempo real, aliada ao monitoramento de indicadores de risco e performance, é hoje um pré-requisito para empresas de qualquer porte atuarem com eficiência neste competitivo mercado, que movimentou nada menos que US$ 20 bilhões em 2020 em todo o mundo.

O chamado tracking acompanha a situação da carga, do veículo e do condutor de modo constante, gerando informações que conferem agilidade à tomada de decisão em caso de imprevistos e também transparência – ao permitir o acompanhamento direto de prazos e etapas cumpridas por contratante e clientes finais.

 O rastreamento também guarda extrema relevância para a gestão. Dia após dia, a análise de dados acumulados no cumprimento das rotas de transporte torna-se determinante para o planejamento integrado de toda a operação logística, principalmente no que se refere à gestão de estoques, distribuição de cargas, gestão da frota e de pessoal, além da automação de atividades e otimização do fluxo logístico em todas as suas etapas.

Tecnologias de rastreamento

As principais tecnologias de rastreamento hoje disponíveis se baseiam nos sistemas via satélite (GPS e GPRS) ou radiofrequência (RFID), mas múltiplas soluções podem ser combinadas conforme o perfil e necessidade de cada empresa.

Satélite – O rastreamento GPS 100% satelital tem um custo maior de aquisição e manutenção, mas tem a vantagem de oferecer uma localização precisa do veículo de forma praticamente ininterrupta. É contratado junto a empresas especializadas por operadoras com grandes frotas e cargas de alto valor.

GPRS – Em busca de um melhor custo-benefício, muitas empresas adotam o GPRS, que oferece uma localização por GPS mas concentra e transmite dados em alta velocidade por rede celular e rádio, com a desvantagem de depender da área de cobertura da operadora para manter o contato com a central de atendimento.

Radiofrequência – Comuns desde os anos 70, são consideradas muito seguras por não sofrer interferência de bloqueadores de sinal – usados por ladrões de carga – e por poderem continuar operando mesmo em túneis e no subsolo. Contudo, não são indicados para trajetos muito longos, quando o sinal pode ficar comprometido.

Benefícios do rastreamento

Agilidade na solução de problemas – O software de acompanhamento da carga em tempo real emite alertas em caso de imprevistos – como paradas inusitadas, defeitos no veículo ou desvio de rota – permitindo propor soluções com rapidez, com o menor impacto possível sobre o prazo de entrega.

Previsão de entrega – Contratante e clientes podem acompanhar as etapas de entrega e eventuais atrasos, programando-se para receber o produto no prazo real. Além de fidelizar os clientes, a medida também evita ligações telefônicas para queixa ou pedido de informações, e garante um maior número de entregas bem-sucedidas na primeira tentativa.

Economia – O controle detalhado de tempos e distâncias percorridas permite programar manutenções de forma mais precisa e reduzir o desperdício com combustível, um dos principais componentes do frete.

Apoio à tomada de decisão – A base de dados do rastreamento alimenta indicadores que contribuem para identificar erros e suportar decisões de curto, médio e longo prazo, visando maior eficiência e satisfação dos clientes.

Produtividade – Dados que apontam ociosidade devido a congestionamentos ou escalas de trabalho mal desenhadas, por exemplo, suprem a posterior revisão do planejamento, que vai traçar rotas e horários alternativos e promover uma distribuição inteligente de cargas, de acordo com a disponibilidade de veículos e condutores. Combinado ao rastreamento de produtos via chip – o RFID – essas informações também podem representar um salto para a estruturação logística como um todo.

Segurança – O registro de dados de velocidade média e picos de aceleração é um fator de reforço à condução responsável e à prevenção de acidentes. O sistema também pode ser combinado com a instalação de câmeras de vídeo na cabine e para o registro do tráfego.

Roubo de carga – Cargas muito visadas por quadrilhas – como eletrônicos, pneus e remédios – demandam um monitoramento em parceria com empresas de gerenciamento de risco. Nestes casos, veículo e carga podem ser rastreados de modo ininterrupto para facilitar sua localização em caso de desvio e auxiliar com dados no processo investigativo.

Por fim, convém sempre ressaltar: a adoção de soluções de rastreamento demanda uma análise criteriosa das vantagens e desvantagens das tecnologias e métodos disponíveis, que devem corresponder às características de atuação e necessidades reais do operador logístico. Há soluções para todos os perfis e para todos os bolsos, então vale a pena pesquisar a fundo antes de realizar esse investimento.

Vamos evoluir juntos?

A Soluciona está na vanguarda da logística de embarque e transporte de cargas no Brasil, com soluções customizadas que vão da estruturação logística ao desenho de dashboards na medida para cada cliente. Tem um desafio para nós? Entre em contato e agende uma conversa com nossos consultores.