Com a economia em transformação, o setor logístico deve se adaptar às necessidades do mercado durante a pandemia

Não é novidade que a pandemia de coronavírus está impondo profundas mudanças econômicas, sociais, culturais e comportamentais às pessoas e às empresas. Negócios de diferentes portes e segmentos enfrentam o desafio de se adaptar rapidamente ao novo cenário. Muitas mudanças não são passageiras e vieram para nos tirar da zona de conforto a longo prazo. Isso significa que, além de encontrar saídas flexíveis e inovadoras para as contingências do momento, também é hora de se antecipar ao “novo normal”, abraçando as transformações sem resistências, em preparação para o ambiente de negócios pós-pandêmico.

O setor logístico é um dos mais afetados por essas mudanças. Uma pesquisa da Confederação Nacional dos Transportes (CNT) apontou que 92% dos transportadores avaliam que a pandemia terá um impacto negativo em suas operações, sendo que mais de 70% das empresas apontam queda de demanda desde o primeiro mês das medidas de isolamento social. Passado o baque inicial, entretanto, não é hora de se ater ao pessimismo. Por mais que o presente demande uma dose extra de energia para a solução de problemas urgentes, é extremamente importante olhar para o futuro com uma atitude positiva e evolutiva. As empresas de logística que se se reinventarem agora tendem a sair muito mais fortes e resilientes dessa situação.

Considerando esse cenário, pedimos ao CEO da Soluciona Logística, Toni Trajano, para comentar os principais desafios e oportunidades da pandemia para o setor logístico.  Confira a seguir!

Capilaridade e expansão de operações

O cenário atual mostra um aumento da demanda de abastecimento dos setores essenciais da economia, como a indústria e os serviços saúde, varejo farmacêutico e supermercados. Ao mesmo tempo, setores habitualmente fortes como o varejo de moda e de produtos não essenciais sofrem uma súbita queda de demanda. Com as lojas físicas fechadas até segunda ordem e por tempo indeterminado, o e-commerce passa a ser protagonista. Os consumidores fazem, em poucas semanas, uma transição que demoraria anos para ser completada, deixando o ponto de venda físico para o ambiente digital.

Do ponto de vista logístico, não é fácil fazer essa transição. As empresas têm agora o desafio de se adaptar rapidamente tanto na primeira milha quanto na última milha. “Há grandes redes de varejo em que, antes da pandemia, uma única loja física batia era capaz de bater as vendas mensais de todo o e-commerce. A primeira urgência é justamente equilibrar o balanço desses estoques e garantir que os produtos cheguem tanto aos centros de distribuição, quanto aos usuários finais rapidamente”, afirma Toni.

Segundo o CEO,  independente do setor de atuação, a principal tendência é procurar descentralizar os estoques, utilizando as lojas físicas com mini CDs integrados às plataformas digitais a fim de atender o cliente com mais velocidade. “Num país de dimensões continentais, mais do que nunca, a capilaridade é crucial. É natural que os grandes operadores logísticos iniciem processos de fusão e aquisição, incorporando os players regionais. É importante agir rápido, com estratégias inteligentes para prever esses mapas logísticos para o futuro”, opina.

 

Estratégias e inovação

Ainda de acordo com Toni, as empresas de logística que buscam expansão, crescimento e liderança precisam inovar e desenvolver estratégias de curto e longo prazo para vencer esse momento. No curto prazo, é importante mudar a alocação de recursos e agir com flexibilidade para atender os clientes em meio a tantas necessidades novas.

A longo prazo, será necessário desenvolver maior segurança e rastreabilidade para toda a cadeia logística.“A modernização dos processos está acelerada, com muito mais automação. Isso envolve também uma mudança de mindset para uma profunda adaptação técnica, que passa pela preparação das pessoas que vão atuar nesse novo cenário”, afirma o CEO.

 

Vamos evoluir juntos?

A Soluciona coloca todas as suas estratégias de gestão logística a serviço desse novo mundo. Oferecemos soluções otimizadas e inteligentes, de alta performance, com foco na redução de custos operacionais e maximização dos resultados das operações para empresas de diferentes segmentos. Queremos ser seus parceiros nessa jornada. Que tal conversarmos sobre as necessidades da sua empresa?